Diretrizes para grelhados saudáveis

Siga estas dicas fáceis de segurança alimentar para aproveitar o melhor da vida ao ar livre (grelhar!) Este ano.

Diretrizes para grelhados saudáveis

Acender a grelha não é apenas uma ótima maneira de sair e relaxar - também pode fornecer uma fonte de proteína deliciosa e saudável. Mas se você grelhar da maneira errada, poderá inadvertidamente servir sua carne com uma grande quantidade de produtos químicos cancerígenos. Grelhar carne gera hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs), que podem causar câncer em ratos de laboratório. Siga estas orientações para se certificar de que grelhar faz bem à saúde.



Regra 1: Escolha carnes que lutam contra o câncer
Carnes como frango sem pele, lombo de porco e ponta do lombo, que são magras e não muito processadas, são escolhas muito mais saudáveis ​​do que cachorros-quentes e salsichas. Carnes preservadas têm sido associadas a um risco significativamente maior de doenças cardíacas e câncer e podem até danificar seu DNA, aumentando o risco de câncer de cólon.



Regra 2: apare a gordura
Os PAHs se formam quando a gordura da carne, frango ou peixe pinga em uma fonte de alta temperatura e a fumaça resultante cobre sua comida. Escolha cortes rotulados como 'magros' ou retire a gordura extra de sua carne antes de colocá-la na grelha para limitar sua exposição a agentes cancerígenos.



Regra 3: não carbonize ou queime sua carne
Marcas pretas da grade são ruins. Carbonizar ou queimar carnes, aves ou peixes leva à produção de aminas heterocíclicas (HCAs) que podem danificar seus genes, aumentando o risco de câncer de estômago e colorretal.


respirando pelo nariz, não há ar suficiente

Regra 4: Abaixe a temperatura
Quanto mais alto o calor, mais cancerígenos você provavelmente terá em sua carne. Mantenha a temperatura mais razoável espalhando o carvão em uma camada fina ou apoiando a grelha sobre tijolos - isso aumenta a distância entre o calor e a comida. Como alternativa, briquetes de churrasco e produtos de madeira dura como nogueira e bordo costumam queimar em temperaturas mais baixas do que lascas de pinho de madeira macia.



Dica bônus: marinar sua carne na cerveja

Por que manter suas bebidas e alimentos separados? Um estudo recente mostrou que marinar a carne de porco na cerveja (especialmente nas cervejas mais escuras) reduziu a formação dos oito principais PAHs pela metade. Os pesquisadores acreditam que os compostos antioxidantes da cerveja inibem a atividade dos radicais livres prejudiciais.

Mais:
Os perigos ocultos do churrasco
Receitas grelhadas aprovadas por 35 oz
Sanduíches de frango marinado grelhados do chef Aaron McCargo Jr.